terça-feira, abril 05, 2005

E se quisesses só Ser
E não Ter
Terias sido o que és?...

quarta-feira, março 02, 2005

Metro da vida



Penso todos os dias que a nossa vida está fora do nosso controlo, será possível que tudo esteja predestinado, existe destino, o que é o destino, temos livre arbítrio sobre a nossa vida?
Todas estas questões estão presentes em mim no momento em que acordo, penso no que me irá acontecer hoje, pois cada dia da minha vida é tão surpresa para mim, como para qualquer outra pessoa, mas, na minha vida acontecem coisas muito estranhas que me põem a pensar, mas poderão pensar vocês que eu sou um "BELIEVER" e estas coisas estranhas só acontecem a quem acredita é chamado de psicossomtático, ou se quiserem de placebo, mas a questão do destino permanece intacta e com a dúvida permanente... EXISTE DESTINO??
A meu ver, o destino não é nem por sombra de dúvidas, aquilo que a maioria das pessoas pensam, "uma vida destinada sem livre-arbítrio, em que tudo acontece por uma razão e não há nada a fazer!!", qual seria a graça e o intuito, pergunto eu !!?? Que seria das nossas mais valias enquanto pessoas, ou seja um gajo pode ser a 7ª maravilha do mundo mas está predestinado a ... sei lá... não se realizar espiritualmente ou profissionalmente, e pronto... é tipo castigo que não se pode fugir dele. Não acredito! Para mim a vida desenvolve-se com momentos CHAVE, pontos, em rectas, bifurcações criadas no âmbito da escolha, ou seja...
Uma pessoa nasce, no momento em que nasce pode ter já um ponto chave, uma escolha, esse ponto chave está destinado a acontecer, mas a opção e escolha será unicamente feita pelo índividuo, e poderá ser uma ou mais, o que interessa aqui é que o livre-arbítrio existe, mas então o destino também, em sintonia os dois andam lado a lado e não passam um sem o outro. " A vida é o que fazemos dela!" e nem mais... A vida é criada pelas opções que tomamos , e tal como uma linha de metro as estações são pontos no espaço que existem e estão lá "predestinadas", embora no caso do metro só tenham uma opção... ir em frente ou sair ali, neste caso duas, mas o que interessa aqui é o aspecto gráfico do que poderá ser o destino, em que se tomarmos uma linha, (uma opção) podemos mais à frente intersectar uma outra que poderia ter sido de uma outra escolha que não tomámos, mas que iria de novo intersectar com esta em que vamos. O ponto chave é o mesmo, pois será de novo uma escolha, o que significa que podemos chagar ao mesmo fim, mas indo por caminhos diferentes, mas nada invalida que o destino não exista.
Muad.dib

TREE



Uma ávore no meio da Savana.... um hino a áfrica e toda a sua beleza, pessoas fauna, flora, natureza, espirito e personalidade... Uma árvore onde coisas boas se reunem, um sitio mágico onde a sombra destas copas abrigam e acalmam aqueles que por baixo delas estão, envoltos em conforto, olhando a savana com uma saudade de quem um dia tem medo e pena de deixar de ali estar... Um grupo de locais canta como agradecimento... a a natureza.... gosta!!

Muad.dib

sexta-feira, fevereiro 25, 2005

Agora não dá

Querido blog, hoje não há tempo para ti. Nem para mim.

terça-feira, fevereiro 22, 2005


ADRIANA (óleo s/ tela)
Ricardo Quintas

spiritual journey


desenho de Joana Bonito, montagem Ricardo Alves
Muad'dib

DÚVIDA (pastel s/ tela)
Ricardo Quintas

pousada da juventude...
Muad'dib

escadinhas da nossa senhora
Muad'dib

teatro taborda
Muad'dib

ponte vasco da gama 180º vertical
Muad'dib

nossa senhora do monte DAY/NIGHT
Muad'dib

miradouro de stª luzia
Muad'dib

elevador da cerca
Muad'dib

SEXO

Ou Amor?... Tanto faz.
Procuramos os dois na mesma pessoa
Ávidos de preenchimento e prazer.
Depois, um dia, encontramos e deitamos fora.
E depois outra vez. E outra.
E então o Sexo passa a ser independente.
O Sexo basta por si só. Como um bem material
em detrimento do espiritual.
É o progresso. A emancipação do Sexo.
Já nem tem que ser escondido.
E, apesar de ser sempre igual, é sempre tão diferente:
Às vezes enche,
Às vezes deixa um vazio silencioso e amargo.
De resto, como o Amor.

Ricardo Quintas

DERIVAS

Será que somos quem somos
Ou quem os outros vêm?...

PRIMEIRO ENCONTRO

Porque músicas assim fazem dias lindos
E os dias do tempo não valem nada
Quero ler-te poemas de amor...Quero viver contigo aqui em Lisboa...
Onde outros só vivem mas não amam
Mas têm este rio de sonho...
Por onde os sonhos desaguam no mar da noite
Onde abraço o teu beijo, num reflexo
Nosso, num momento meu e teu
...Quero acordar contigo e olhar o rio
Que vive obcecado pelo destino onde nunca chega,
...Quero acordar contigo e olhar-te
Que és o meu destino onde eu nunca chego,
...Quero recordar...sempre...Esta cidade está em ti!
E poder amar-te quando abro a janela
Porque dias assim fazem músicas lindas!!

Ricardo Alves / Ricardo Quintas 22/02/05

SAHARA

Restless I fell
Rotating by the opposite

Speaking with you
Makes me feel grounded

The awakening is near
Come near and see

I swear only by now
But I’m dancing all around

Walking in this burning sand
Walking for me… Spirit free

The essence is pure
Like these bright stars right above,
That lights the beauty of a magic smile
You’re so beautiful!

There’s no ocean that will rise your calm
You accept the gift of life

You accept me…
And I, for what you are.

Ricardo Alves05.02.04

RUPTURE


There’s a decease spreading for mankind
A beautiful life is coming

Don’t cry …
Sorry!!
Cry! And a lot
Even when I’m not around.

That decease it’s the awake
Of a spirit that lies inside

Tears falling
Falling down with the moon
For us …

And For us there’s pain
The right one
That will make us fell alive

The decease
It’s you
It’s me,
Spreading, feeling

While white wings cutting my skin
Growing
I’m flying now

You and Me!
Becoming...
Angels.


Ricardo Alves
05.02.04

LÁGRIMAS QUE CHORAM...


AAAHHHH!!!......Não sei, Tou estranho!!
Sinto como se carregasse a angústia do mundo,
E o mundo chora bastante com toda esta água que cai sobre mim.
São estas as lágrimas que me escorrem pela cara abaixo
E também as minhas e as dos meus.
Uma palavra muda.......Este meu diálogo com Deus...

Curvo-me perante ti, meu amor. Ajuda-me!
Não entendo qual o meu papel neste mundo.
Sei que não pertenço aqui, mas então, qual é o meu chão?
A chuva vai passando, as lágrimas também,
Mas o que fica são as escolhas, aquelas que não se vêem
E que gostaria de entender,
A palavra......
A tal,
O discurso mudo que tenho contigo e, principalmente, comigo.

As dúvidas.......
Estas ficam como o chão molhado que vejo à minha frente
E que reflete a luz que me tenta iluminar o caminho,
Caminho!!
Aquele que Tu me obrigas a atravessar,
Para que eu cresça a ver o rasto das pegadas que deixo para trás
Nesta areia,
Ainda molhada pelas lágrimas que o mundo ainda chora.


Ricardo Alves
29.01.04

sábado, fevereiro 19, 2005

Alguns links de música interessante

NACIONAIS

http://www.theoothezz.com/

http://www.luizealata.musica.pt/
Um novo projecto totalmente em português em com um som diferente que funde os sons de um estilo pop com uma personalidade e conceito vincado pelas vivências musicais dos dois mentores do projecto, Luís Caracol e Ivo Costa.
Nada mais tenho a dizer a não ser... ouçam e comprem... porque como sabem os músicos vivem dos discos que vendem... possivelmente uma das profissões com mais"corrupção" no que diz respeito à pirataria e ao respeito para com o autor.

http://www.theopascal.com/

http://www.navionegreiro.com/


INTERNACIONAIS

http://www.nitinsawhney.com/main.html
Ouvi durante 3 anos consecutivos... Adoro...

http://www.bonatology.com/
http://www.richardbona.net/ - aqui podem ouvir os temas
Um dos meus preferidos... Richard Bona, músico dos Camarões, Baixista e vocalista, guitarrista precusionista... o que quiserem... Vejam vale mesmo a pena.

www.salifkeita.net/ - cantor do Mali...incrivel, este é o site oficial, mas está em baixa, mas é de tentar...
http://www.branduardi.com/salifkeita/ - enquanto não conseguem...

por hoje é tudo mas deixo uma lista dos meus discos... se alguém quiser mais informações... é apitar!!!

Shout, para quem gosta de música com energia

Dicionário do vocabulário Fremen

Usul

Fremen: "The base of the pillar."

Muad'dib

the adapted kangaroo mouse of Arrakis, a creature associated in Fremen earth-spirit mythology with a design visible on the planets second moon. This creature is admired by Fremen for its ability to survive in the open desert.

KWISATZHADERAH

"Shortening of the Way." This is the label applied by the Bene Gesserit to the unknown for which they sought a genetic solution: a male Bene Gesserit whose organic mental powers would bridge space and time.